Clientes pessoas físicas ou micro e pequenas empresas dos cinco maiores bancos do país podem pedir prorrogação, por até 60 dias, dos vencimentos de dívidas. A medida não vale para cheque especial e cartão de crédito. A renegociação de dívidas foi autorizada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), no último dia 16, como parte das medidas econômicas durante a pandemia do coronavírus.

De acordo com o Banco Central (BC), estima-se que aproximadamente R$ 3,2 trilhões de créditos possam se beneficiar dessa medida, “cuja renegociação dependerá, naturalmente, do interesse e da conveniência das partes envolvidas.”.

Cinco maiores bancos

Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander farão prorrogação das dívidas para contratos vigentes em dia e limitados aos valores já utilizados. A medida de estímulo à economia tem o objetivo de amenizar os efeitos negativos do coronavírus no emprego e na renda, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A economista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Ione Amorim, ressalta que é preciso ficar atento, ao renegociar, se o banco está propondo uma pausa no contrato, sem cobrança de juros pelo período de suspensão. Mas ressaltou que somente valerá a pena se for uma pausa nesses contratos e desde que o consumidor não tenha que arcar com juros por conta dessa suspensão.

Ao fazer o pedido, também é preciso confirmar com o banco se não haverá acúmulo de prestações, passados os 60 dias, com as que estão por vencer. Outra sugestão da economista é verificar se não haverá alteração na pontuação de crédito no cliente, ao solicitar a suspensão do contrato.

Se você está preocupado porque possui alguma dívida bancária vencida, entre em contato com a sua agência. Se o seu banco agir com abuso entre em contato com o Procon.

O Procon do Polvilho está situado na Avenida Tenente Marques, 55, Piso Superior do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT). O atendimento é de segunda a sexta das 9h às 11h30 e das 13h às 16h. Informações pelo telefone 4408-6570.

Em Jordanésia, o posto de atendimento do Procon fica localizado na Rua Avelino Toledo de Lima, 208. Telefone: (11) 4447 2030.

Nesse período de confinamento social, recomenda-se que o contato seja feito via telefone.

Fonte de pesquisa: Nsctotal