Posto de combustíveis onde ocorreu o crime e foto de Weslei Souza da Silva (vítima).

O jovem Cleiton Pereira da Silva, de 19 anos, que matou Weslei Souza da Silva, de 26 anos, na última sexta-feira (11) em frente a loja de conveniência do Posto Ipiranga do KM 38 da Via Anhanguera, em Cajamar, foi solto nesta segunda-feira (13) após audiência de custódia.

O autor do crime se apresentou às autoridades policiais e confessou o crime na mesma hora em que cometeu.

Segundo informações obtidas pelo o Destaque Regional, o réu confesso não tem passagens pela polícia, é casado, tem filhos e residência fixa. Cleiton responderá pelo assassinato em liberdade, até que seja julgado.

O caso

Após cometer o crime, o balconista, ao ver os guardas municipais que estavam no posto, se entregou na hora e disse que “eu acabei de esfaquear um cara folgado ali, que estava folgando comigo há um bom tempo. Eu perdi a cabeça com ele”.

Testemunhas disseram que o balconista estava sendo provocado por Weslei há algum tempo.

Os guardas prenderam o balconista e foram verificar como estava a vítima, que perdia bastante sangue.

A equipe acionou o Resgate do Corpo de Bombeiros, que levou o jovem para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Como o estado de saúde de Weslei era grave ele foi transferido para o Hospital de Franco da Rocha. Lá, Weslei não resistiu aos ferimentos e faleceu. Ele tinha perfurações de faca no tórax, na clavícula e no dorso. Weslei morava no bairro Cento e Vinte, em Santana de Parnaíba.