spot_img

Ônibus queimado na Anhanguera, no Morro Doce, foi “protesto”

Um “protesto” foi a justificativa para o ato de vandalismo que destruiu um ônibus articulado na noite da última terça-feira (23), no km 24 da Via Anhanguera, na altura do bairro do Morro Doce (LEIA).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), alguns “moradores” da região invadiram o ônibus, obrigando os passageiros a descer do veículo e, depois, ateando fogo no articulado. Passageiros ficaram em desespero pela agressividade dos indivíduos.

A SSP ainda informou que o ato foi por conta da falta de luz e alagamentos que ocorrem na região. Os “moradores”, teriam ateado fogo para protestar e chamar a atenção das autoridades sobre suas reivindicações.

Por conta do ato, a Via Anhanguera ficou interditada por mais de uma hora com reflexo no trânsito até a manhã de quarta-feira na região.