A Secretaria​da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre apreensão de ilícitos enviados via correspondência, nos últimos dias 13 e 15 de maio, às Penitenciárias I “Mário de Moura e Albuquerque” II “Nilton Silva” de Franco da Rocha – presídios subordinados à Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro).

​O flagrante ocorreu na última terça-feira (13). Agentes de segurança, que faziam a vistoria da correspondência enviada para a Penitenciária II “Nilton Silva” de Franco da Rocha, encontraram, dentro de tubos de creme dental, substâncias parecidas com maconha. Os ilícitos foram enviados pela irmã do sentenciado. 

Ainda em Franco da Rocha, na Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque”, duas apreensões foram feitas nesta sexta-feira (15). Os ilícitos foram enviados via correio pela mãe e pelo companheiro de reclusos.

Em um dos casos, foram encontrados 88 micro pontos de substância análoga à droga sintética K4 escondidos em um tênis. O material foi visto a partir das imagens de Raio-x, usado para revista, e verificados pelos agentes de segurança da unidade prisional.

O segundo flagrante feito na penitenciária também apreendeu ilícito similar ao K4, dessa vez foram 100 micro pontos escondidos no interior de pedaços de chocolate.

Todos os materiais apreendidos foram encaminhados ao Distrito Policial de Franco da Rocha para realização de boletins de ocorrência e demais providências cabíveis.