spot_img
spot_img

Sabesp tem até dezembro de 2019 para tratar todo esgoto de Cajamar

Title image box

Add an Introductory Description to make your audience curious by simply setting an Excerpt on this section

Em 2009, a Associação do Movimento de Moradia de Cajamar, através de seus advogados, ajuizaram ação civil pública para que a SABESP e a Prefeitura de Cajamar cessassem o despejo de esgotos domésticos e efluentes industriais nos córregos e rios de Cajamar.
Na ocasião, a associação alegou que a falta da rede de tratamento de esgoto em Cajamar provoca diretamente a diminuição qualitativa das águas, em especial do Rio Juqueri, que é o principal manancial da cidade. 
Mediante o processo o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decidiu que a Sabesp e a Prefeitura de Cajamar tem o prazo estipulado até dezembro de 2019 para regularizar o tratamento de esgoto em Cajamar, sob pena de R$ 20 mil reais em caso de eventual descumprimento das obrigações no prazo determinado.

Compartilhe

Outras notícias

Obras do novo reservatório do Polvilho está em fase final

Nesta quarta-feira (12), a equipe da Prefeitura de Cajamar realizou uma vistoria na obra de interligação...

Chefe do tráfico, em saída temporária, é preso novamente em Cajamar

A equipe da Polícia Militar, por meio do Pelotão Bravo, recebeu informações de que...