Toninho Ribas ex-prefeito Cajamar
Divulgação

O ex-prefeito de Cajamar, Antonio Carlos Oliveira Ribas de Andrade (Toninho Ribas), não poderá ser candidato a prefeito nas eleições de 2020 em Cajamar. A informação veio após diversas análises jurídicas que comprovaram que Toninho tem diversos impedimentos legais que o impedem de concorrer às eleições.

De acordo com um levantamento realizado pelo Jornal Destaque Regional, entre os impedimentos estão uma condenação de 2015 e a não filiação partidária em 2020.

Em pesquisa realizada pelo site da Justiça Eleitoral, o Destaque Regional emitiu uma Certidão de Filiação Partidária com dados do Título de Eleitor de Toninho Ribas, onde constatamos que o mesmo, até o dia 31/07/2020, não estava filiado a nenhum partido, sendo assim, não poderá concorrer às eleições em 2020, até mesmo porque o prazo de filiação para novos candidatos já venceu. Veja a certidão abaixo:

Filiação-Toninho-Ribas

Além disso, Toninho Ribas tem uma condenação do ano de 2015, onde, de acordo com o artigo 1º, inciso 1º da linha ‘g’ da Lei Complementar 64/90, pessoas condenadas pelo Tribunal de Contas ficam inelegíveis por oito (8) anos e só poderia concorrer às eleições de 2020 caso consiga a suspensão ou anulação de sua condenação, além de uma liminar da Justiça Federal suspendendo os efeitos da decisão do Tribunal de Contas.

O ex-prefeito Toninho Ribas foi condenado pela União a devolver o valor de R$ 26.010,00 em um processo que teve início no dia 16/10/2007 em rezão de irregularidades em convênio celebrado entre a Prefeitura de Cajamar e a União. O convênio visava a recuperação de trechos da Estrada Francisco Missé a Guapiara. Diante disto, Toninho Ribas foi notificado e o processo enviado ao Tribunal de Contas da União. No dia 24/02/2015 o Tribunal de Contas da União, por votação unânime, condenou Toninho e considerou irregulares suas contas” – ressaltou o Dr. Edmilson Lima, advogado especialista em Direito Eleitoral da Lima Assessoria Jurídica.

O Destaque Regional tentou contato com Toninho Ribas, por meio de diversos números de telefone, porém, em nenhum destes números conseguimos contato para que Toninho se pronunciasse.

Os candidatos às eleições 2020 em Cajamar só serão divulgados após o prazo de registro das candidaturas pela Justiça Eleitoral.