spot_img
spot_img

Tarcísio assina contrato para expansão de metrô até Taboão da Serra

Title image box

Add an Introductory Description to make your audience curious by simply setting an Excerpt on this section

O governador Tarcísio de Freitas assinou nesta segunda-feira (10) o termo aditivo para elaboração dos estudos de viabilidade e dos projetos executivos da extensão da Linha 4-Amarela de metrô, em Taboão da Serra.

O município será o primeiro da Grande São Paulo a ter um ramal metroviário além dos limites da capital. Com investimento estimado em R$ 3,4 bilhões, o projeto vai beneficiar cerca de 90 mil passageiros por dia.

É um passo importante que damos com a celebração de mais um compromisso de expansão do metrô, levar o serviço para fora da cidade de São Paulo e atender a região metropolitana. Vamos interligar outras linhas para a população poder acessar a Linha 9 de trens e as Linhas 1, 2 e 3 do Metrô. O sistema vai ficando mais interligado e, quanto mais interligação, mais passageiros a gente traz para o sistema. Isso é fundamental para a mobilidade urbana em um sistema de alta capacidade muito mais eficiente”, afirmou Tarcísio.

O ramal será ampliado em 3,3 km com duas novas estações: Chácara do Jockey e Taboão da Serra. Aproximadamente 3 mil empregos, diretos e indiretos, serão gerados durante as obras. A previsão é que a construção comece ainda neste ano, com previsão de operação do trecho até Taboão da Serra em 2028.

O tempo previsto de viagem ao longo de toda a Linha 4-Amarela será de 55 minutos, com integração aos terminais de ônibus nas estações Vila Sônia, São Paulo-Morumbi e Butantã da capital.

Atualmente, a Linha 4-Amarela possui 12,8 km de extensão e 11 estações. Com a ampliação, serão 16,1 km e 13 estações.

Compartilhe

Outras notícias

Emissoras começam a desligar sinal nas parabólicas analógicas

O fim de uma era está se aproximando no Brasil. O fim das transmissões...

Friboi está com vagas para Monitor de produção em Cajamar

A Friboi está com vagas de emprego abertas para monitor de produção na unidade...