spot_img

Funcionário do Mercado Livre tira própria vida em Cajamar

Um funcionário do Mercado Livre, galpão SP04, tirou a própria vida no final da tarde desta segunda-feira (19), após se jogar de uma escada que dá acesso ao setor administrativo da empresa. (Clique AQUI e leia outra matéria sobre o jovem e relatos de testemunhas).

Após a queda, o jovem foi encaminhado ao UPA do bairro de Jordanésia, porém, já sem vida.

A Guarda Civil de Cajamar foi a primeira autoridade a chegar no local e registrou a ocorrência na Delegacia de Jordanésia. O local foi isolado (foto) e a perícia acionada.

Ao Destaque Regional, funcionários da empresa disseram que o jovem aparentava problemas psicológicos e que se jogou da escada após sair da sala do RH.

A polícia agora quer saber do Mercado Livre, o motivo da dificuldade do acesso ao local das autoridades policiais, tendo em vista se tratar de uma ocorrência urgente. A polícia também quer saber o motivo de diversos funcionários (líderes e supervisores) não saber dar detalhes sobre o caso e atitudes do funcionário, antes da ocorrência.

Nota do Mercado Livre

Às 16h de terça-feira (20), o Mercado Livre emitiu uma nota sobre o ocorrido.

“Com profundo pesar, o Mercado Livre lamenta o falecimento, na tarde da última segunda-feira (19), de um funcionário terceiro que prestava serviço em um dos seus centros de distribuição em Cajamar, no estado de São Paulo. Ele atentou contra a própria vida dentro da operação, tendo sido imediatamente socorrido pela equipe médica do local, dentro das normas de segurança, e encaminhado de ambulância com vida ao atendimento mais próximo, onde foi atendido, mas infelizmente não resistiu.

O Mercado Livre mantém contato próximo com a empresa terceira, Randstad, que acompanha atentamente o caso e está dando total suporte aos familiares.

Em respeito e solidariedade à família e aos protocolos com as autoridades locais, não serão fornecidos mais detalhes sobre o assunto fora das investigações em curso” – finaliza a nota.